Peraí,volto já ;)

RicamatsuDestralha

#destinopositivo #féinabalável #gratidãosempre

Copyright © Destralha | Design by WebSuccessAgency

Mais alívio para a vida!

Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Para os que agora possuem Fé em Eus


Te convido se destralhar da exclusividade da fé e a descobrir o divino que há em cada um de nós. As pessoas dizem crer em Deus, Jesus, Budas, Santos, Orixás e quaisquer outras Divindades. Devotam qualquer outra figura de autoridade espiritual, mas não conseguem ter fé nos Eus que o rodeiam. Como podemos acreditar e adorar espécies de deus-persona se não conseguimos enxergar o próximo como o Deus que ele é? O Deus ou a Deusa, ora, já parou pra pensar que a desigualdade começa aí? O machismo e o sexismo divino! Cada um de nós é parte da divindade que interage uma com a outra; que compõe a orquestra do Universo. Olha o tamanho da beleza da raça humana, sua capacidade de criar e amar! Quantas coisas divinas alguém já te proporcionou na vida? Aposto que muitas! Um orgasmo, não é divino? Seus pais que te deram a vida, não é divino? Aquele amigo que te ama incondicionalmente, não é divino? E aquela criança que sorriu pra você sem pedir nada em troca? Quem nunca provou uma comida feita por alguém e não falou: divino! A gente se nutre!

Somos nós mesmos que precisamos ser adorados e louvados! Somos nós mesmos que merecemos muito amor! Muitas provas de amor. Tá cheio de Deuses e Deusas por aí que precisam ser amados e louvados. Os Deuses estão a todo momento ao nosso lado. E não é lá em cima no cosmos ou em algum reino hipotético apoteótico. É do seu lado! Porque não amar o Deus que é você? Porque não amar a Deusa que é a sua amiga? Sua mãe, suas irmãs, seu filho? Para amar de verdade não é necessário nenhum líder. O amor nunca precisou de hierarquias. O amor não se ensina. Amar não se ensina. Amor não tem critério de louvor nem tem saldo devedor. Não se coloca o amor numa tabela. Amor não é débito nem crédito. Amor é desrespeitar a razão e priorizar o coração, porque o coração nunca erra.

Terceirizaram a fé em Deus como se não fosse permitido que pudéssemos colocar a fé em Eus, nas pessoas, no próximo e no anterior. Porque achamos nossos irmãos tão pequenos? Porque nos achamos tão impuros e indignos de amor? Se o Deus dentro de cada um de nós parece pequeno demais para ser amado e louvado é porque ainda não sabemos o real significado do amor. Amar um ser perfeito e que é dono de tudo é fácil demais. E os seres humanos tendem a querer tudo assim fácil demais. Qual ego não quer se beneficiar da perfeição, não é mesmo? O amor maior vem de Eus, dessa necessidade fundamental que temos um Eu de outro Eu. E de outro Eu e mais outro Eu. Porque meu Eu assim como seu Eu é um Deus, porque os Eus Delas são Deusas. E a única qualidade e não condição para que exista o amor é a de que ele seja incondicional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário