Peraí,volto já ;)

RicamatsuDestralha

#destinopositivo #féinabalável #gratidãosempre

Copyright © Destralha | Design by WebSuccessAgency

Mais alívio para a vida!

Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Eu não tenho tempo



Eu não tenho tempo. Que mundo é esse onde essa declaração é a resposta mais falada de todas! "Não vai dar tempo. Preciso de mais tempo. Vai demorar? Pois, preciso de tempo. Se der tempo... Só vou quando tiver tempo." Tempo pra quê? Para trabalhar mais, para desestressar, ganhar mais dinheiro, pra se arrumar. Falta tempo pra todo mundo se desocupar. Tempo para Viver.

Semana passada eu conversava com um amigo de infância, em um belo papo depois de mais de três anos sem se encontrar. Falávamos de como os meios tecnológicos nos deixavam ainda mais ansiosos, ao ponto de ficar olhando na tela do smartphone a palavrinha "digitando..." e sentindo uma preocupação enquanto ela aparecia e desaparecia durante uma conversa.

A pessoa está demorando demais pra responder? Ou está com dúvidas sobre o que vai dizer? Se o intervalo entre um "digitando..." e outro aumentar então, nossa! A mente começa a gerar um turbilhão de imaginações. E apareceu dois vezinhos, a pessoa leu. Se não respondeu na hora é porque tem alguma coisa errada. Ou então ela não quer falar comigo.

Perdemos tempo assim, especulando sobre o que poderia, o "se" alguma coisa. E assim não temos tempo. É verdade, não temos tempo. Temos que garantir o lucro, tem que se prevenir ao máximo. Temos que andar muito bem apresentáveis e elegantemente adequados para que a concorrência não nos desvalorize. Tem que sentir a sensação de superioridade para poder dar aquele sorriso de canto de boca. Temos que velar uma autosuficiência para não dar o braço a torcer.

Poderia-se ter mais tempo, mas passamos três horas no final de semana cuidando e lavando o carro. Outras exaustivas horas no shopping escolhendo a roupa que pode dar mais ou menos autoestima. Incontáveis horas varrendo a timeline das redes sociais. Perdemos tempo levando algumas horas para aprender a operar o novo telefone, onde o falar é a função menos usada. Achamos incrível quando uma criança, que nem aprendeu a falar, sabe operar com destreza o tablet. Até o relógio perdeu sua importância de marcar o tempo. Agora ele precisa marcar status.

Afinal, quais são aqueles bons momentos da sua vida em que você perde a noção do tempo? Não vale dizer que é quando ficou trabalhando demais! Todo tempo que perdemos e que nos falta hoje está bem ali, num futuro que talvez possa acontecer. Enquanto isso a Vida passa. Ela já passou.


2 comentários:

Valéria disse...

Fazer bolinhas de sabão! Ler um bom livro! Ouvir aquela música maravilhosa que te faz fechar os olhos sem perceber! Observar o vaivém das ondas do mar... Mas até pra isso precisamos de tempo!? Acho que o segredo para desfrutarmos melhor do nosso tempo está em nos planejarmos melhor. E planejar significa priorizar!

Rica Matsu disse...

Também acho! Tem um livro do Shinyashiki ele fala de uma vez que sua filha pequena o chamou pra ver um passarinho e ele disse que estava ocupado. Quando ele se desocupou o passaro já havia ido embora e aí perdeu o momento com sua filha.É bem assim.

Postar um comentário